Eixo 3

Política e Práticas Educativas

O que conhecemos de quem decide? Que diferenças entre as ideias do(s) centro(s) decisor(es) e as periferias educativas? Características dessas práticas?
Day 1
21 Jun 2016
Day 2
22 Jun 2016

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S1 – EIXO 3

"CAPELAS-ESCOLAS": INICIATIVAS DO FRADE-INSPETOR DE ENSINO PARA A EXPANSÃO DA ESCOLARIZAÇÃO NO SUL DO MARANHÃO

O ENSINO LAICO FRENTE OS PRINCÍPIOS EDUCACIONAIS DA IGREJA CATÓLICA: ESCOLARIZAÇÃO NA REPÚBLICA PORTUGUESA (1910-1926).

PRÁTICAS EDUCATIVAS EM ESPAÇOS ESCOLARES CONFESSIONAIS: O SAGRADO E O PROFANO DOS RITUAIS FESTIVOS

PRIMEIRAS REPERCUSSÕES DO ESTADO NOVO NA EDUCAÇÃO DA PB: A REVISTA DO ENSINO

Mesas Coordenadas – S1 – Eixo 3

Rendimento escolar dos alunos: modos de configuração do problema e de suas soluções

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S2 – EIXO 3

OS QUADROS PARIETAIS DA ESCOLA NORMAL CAETANO DE CAMPOS (1890-1950)

O LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA E O PROJETO “PRIMEIRO, APRENDER!” NA DISCIPLINA ESCOLAR DE HISTÓRIA: INTERVENÇÕES NO ENSINO MÉDIO (2008-2014)

A EDUCAÇÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E A REVISTA DE ENSINO DA PARAÍBA (1932-1942)

EXERCÍCIOS E LIÇÕES, CENTRO DE INTERESSE, LEITURA E RECITAÇÃO E A PREOCUPAÇÃO COM O ENSINO DE ESCRITA E LEITURA NA REVISTA DO ENSINO NA PARAIBA

LEITURA DE IMAGENS EM LIVROS DIDÁTICOS DE HISTÓRIA

Mesas Coordenadas – S2 – Eixo 3

Intelectuais, estado e políticas educacionais em Portugal e no Brasil (1920-1975)

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S3 – EIXO 3

MOVIMENTOS DE GESTÃO DEMOCRÁTICA: A ARENA MUNICIPAL

A CONSTITUIÇÃO DOS SINDICATOS DOS PROFESSORES: ESTRUTURAS ORGANIZATIVAS E REIVINDICAÇÕES, 1974-1977

A REGULAMENTAÇÃO DA VIDA DO ESTUDANTE POBRE, ANALFABETO E TRABALHADOR DO MOBRAL EM VARGINHA – MG (1970–1985): ASPECTOS BIOPOLÍTICOS

TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA E GESTÃO EDUCACIONAL: APONTAMENTOS HISTÓRICOS

ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS E SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO – AFUSE: SUA ORIGEM, SEU CONTEXTO HISTÓRICO E SUAS PRÁTICAS POLÍTICAS E SINDICAIS.

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S3 – EIXO 3

A ATUAÇÃO DOS PODERES EXECUTIVO E LEGISLATIVO DO ESTADO DE SÃO PAULO NA EXPANSÃO DOS GINÁSIOS OFICIAIS SECUNDARISTAS (1948-1962)

A PROBLEMÁTICA DA EDUCAÇÃO NAS LEIS DE LIBERTAÇÃO DO VENTRE DE PAÍSES ESCRAVOCRATAS

PRÁTICA EDUCATIVA E REVISTAS ESCOLARES NO BRASIL: OS ALUNOS COMO CRONISTAS E A ESCOLA COMO FORMAÇÃO DE CIDADANIA.

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A ESCOLA PRIMÁRIA NA BAHIA (1930-1961)

VISIBILIDADE ÀS PRÁTICAS HUMANIZADORAS: ATIVIDADES EDUCATIVAS DA PENITENCIÁRIA CENTRALDO DISTRITO FEDERAL NA REVISTA A ESTRÊLA (1951-1955)

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S3 – EIXO 3

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE FLORIANÓPO- LIS E NO BRASIL DA DÉCADA DE 1970 – APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS

PRÁTICAS DE DESENHO E OS SABERES GEOMÉTRICOS NA PEDAGOGIA MODERNA: DESENHO À MÃO LIVRE, DESENHO GEOMÉTRICO E DESENHO NATURAL

PAULO FREIRE E A EXPERIÊNCIA DE ANGICOS (RN/BRASIL), NA DÉCADA DE 1960 – PROPOSIÇÕES PARA UMA ALFABETI- ZAÇÃO HUMANIZADORA

O TRÂNSITO COMISSIONADO DE NESTOR DOS SANTOS LIMA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA AS PRÁTICAS EDUCACIONAIS NORTE-RIO-GRANDENSES (1923)

A IDENTIDADE DA UNIMEP NO MOVIMENTO DE SUA POLÍTICA ACADÊMICA

<

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S4 – EIXO 3

A CIRCULAÇÃO DE SABERES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES: UMA ANÁLISE DO PEC MUNICÍPIOS NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS COMPARADOS EM EDUCAÇÃO

AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DO MOVIMENTO DE EDUCAÇÃO DE BASE EM FONTE BOA/AM

A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA FORMAÇÃO DOCENTE EM NÍVEL SUPERIOR NO BRASIL: UMA ANÁLISE NA HISTORIOGRAFIA

O PAPEL DA IMAGEM NA ESCOLA DA ESCRITA

PROVA NACIONAL DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DOCENTE NAS POLÍTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO BRASIL

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S4 – EIXO 3

A EDUCAÇÃO PRIMÁRIA NO ESTADO DO PARANÁ NA DÉCADA DE 1960: ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA

A EXPANSÃO DA ESCOLA PRIMÁRIA NO RIO GRANDE DO NORTE (BRASIL, 1945-1961)

O ENSINO PRIMÁRIO NA I REPÚBLICA, EM VISEU. DISCURSOS, PRÁTICAS E ATORES

O INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS (INEP) E AS INICIATIVAS DE EXPANSÃO DA ESCOLA PRIMÁRIA RURAL EM SERGIPE (1947-1951)

A INVENÇÃO DO RECREIO NA ESCOLA PRIMÁRIA A PARTIR DA MOBILIZAÇÃO DO TEMPO ESCOLAR (PARANÁ – BRASIL, 1901–1921): ELEMENTOS PARA PENSAR OS DISPOSITIVOS CURRICULARES DE AFETAÇÃO DAS SENSIBILIDADES NA ESCOLA

COMUNICAÇÕES INDIVIDUAIS – S4 – EIXO 3

HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL BRASILEIRA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

A ESCOLA DE APRENDIZES ARTÍFICES E A CIDADE DO NATAL (BRASIL), ENTRE 1909 E 1937

REFORMAS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E DE ENSINO MÉDIO: IMPLICAÇÕES NA ETFRN E CEFET-RN (1995-2001)

O COMITÊ PARA DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMÁTICA E A CIBERCULTURA

O ENGRANDECIMENTO MINEIRO E A EDUCAÇÃO: REPERTÓRIOS DE PROGRESSO

Mesas Coordenadas – S3 – Eixo 3

Entre duas margens: publicação, circulação e recepção de impressos protestantes entre Brasil e Portugal na transição do século XIX-XX

Comunicações Individuais – S5 – Eixo 3

OS PARQUES INFANTIS CAMPINEIROS E A HISTÓRIA DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS NA EDUCAÇÃO DA INFÃNCIA

NOÇÕES HISTÓRICAS E EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA HISTÓRIA DO DEBATE CURRICULAR NESSA ETAPA DA EDUCAÇÃO A PARTIR DA LEITURA DE DOCUMENTOS FEDERAIS E MUNICIPAIS REFERENTES À CIDADE DE SÃO PAULO (1998 - 2014)

A ESCOLARIZAÇÃO DA INFÂNCIA EM GOIÁS E MATO GROSSO NA PRIMEIRA REPÚBLICA BRASILEIRA (1889-1930): ASPECTOS HISTÓRICOS

HISTÓRIA E MEMÓRIA: POLÍTICAS PÚBLICAS DE INTREGAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO À EDUCAÇÃO EM SERGIPE

CRECHE UNIVERSITÁRIA CASINHA DO SOL: DESMISTIFICANDO A VISÃO REDUCIONISTA COMO LUGAR DE “GUARDA” (1998-2013)

Comunicações Individuais – S5 – Eixo 3

O ENSINO PÚBLICO PRIMÁRIO NA CONSTITUIÇÃO DO IMPÉRIO DE 1824: UM DIREITO DE SEGUNDA GERAÇÃO AVANT LA LETTRE?

FILOSOFIA PARA CRIANÇAS UM OLHAR RETROSPECTIVO (1969-2010)

OS PROGRAMAS DE ENSINO E OS SABERES ELEMENTARES MATEMÁTICOS NO CURSO PRIMÁRIO DA BAHIA DE 1940: UMA ANÁLISE DO PROGRAMA EXPERIMENTAL DO ENSINO (PRÉ-PRIMÁRIO E ELEMENTAR)

MODERNIDADE LIMITADA: AS INICIATIVAS DE INSTRUÇÃO PARA OS TRABALHADORES, NO RIO DE JANEIRO (1870-1910)

ENTRE A NORMATIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA NO BRASIL E MODOS INDÍGENAS DE APROPRIAÇÃO DA ESCOLA: O CASO DOS TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA/BAHIA

Mesas Coordenadas – S4 – Eixo 3

Instituições e políticas de educação no contexto ilustrado do século XVII e início do século XIX

Comunicações Individuais – S6 – Eixo 3

DEZ ANOS DA REFORMA CURRICULAR DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CAMPINAS - SP: O CASO DA AVALIAÇÃO DESCRITIVA EM LÍNGUA PORTUGUESA NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

ENTRE PRÁTICAS E REPRESENTAÇÕES: A MEMÓRIA REVELANDO A EDUCAÇÃO PRIMÁRIA NA CIDADE DE ARACAJU/SE/BRASIL – DÉCADA DE 1980

AS POLÍTICAS DE CURRÍCULO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA NO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (2014 -2024)

CURRICULO PARA AS RELAÇÕES ETNICORRACIAIS: UMA PROPOSTA DE ESTUDO E REFLEXÃO SOBRE A HISTÓRIA E A CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA

AS ORIENTAÇÕES DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS – INEP PARA A ALFABETIZAÇÃO E A MATEMÁTICA NO ENSINO PRIMÁRIO DA DÉCADA DE 1960

Comunicações Individuais – S6 – Eixo 3

A EDUCAÇÃO A SERVIÇO DO ESTADO NOVO NO BRASIL (1937-1945): POLÍTICAS E PRÁTICAS EDUCATIVAS

FEDERALISMO E FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: ANÁLISE HISTÓRICO-COMPARADA (1988-2013)

EDUCAÇÃO E POLÍTICA NO IMPÉRIO BRASILEIRO: A CONTRADANÇA DOS PRESIDENTES DE PROVÍNCIA E A INSTRUÇÃO PÚBLICA (1850-1889)

O ORÇAMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO BRASIL ENTRE OS ANOS DE 2004 A 2014

DA PRESENÇA DO SINDICALISMO DOCENTE UNIVERSITÁRIO NA AMÉRICA LATINA – HISTÓRIA E EMBATES POLÍTICOS EDUCACIONAIS NA CONTEMPORANEIDADE: 1990-2010

Mesas Coordenadas – S5 – Eixo 3

A compreensão das formas de escolarização da vida em Portugal e no Brasil entre o final do século XIX e meados do século XX

Comunicações Individuais – S7 – Eixo 3

O ONTEM E O HOJE NA PROPOSTA E EXECUÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR NO CURSO DE PEDAGOGIA/PARFOR/UEA: FUNDAMENTOS E PRÁTICAS

PROVAS, DISSERTAÇÕES E EXAMES: PRÁTICAS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NO CURSO DE PEDAGOGIA DA USP (1938 – 1968)

A HISTÓRIA DAS DISCIPLINAS ACADEMICAS NA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS – FFC – UNESP DE MARILIA (2006-2011): AS DISCIPLINAS DE DIDATICA DO CURSO DE PEDAGOGIA EM FOCO

OUSADIA E CAVAÇÃO NO CAMPO DA EDUCAÇÃO: O PROJETO EDUCACIONAL DO INSTITUTO HISTORICO E GEOGRAFICO BRASILEIRO (1915-1922)

A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU NO BRASIL E A PESQUISA CIENTÍFICA

Comunicações Individuais – S7 – Eixo 3

A “INVENÇÃO DA TRADIÇÃO”: O SURGIMENTO DA DISCIPLINA ESCOLAR HISTÓRIA CDO MARANHÃO

A ETFRN, “SEU” CURRÍCULO E A EDUCAÇÃO FÍSICA

OS EXAMES DE ADMISSÃO AO GINÁSIO NO ESTADO DO PARANÁ: AS PROVAS DE MATEMÁTICA EM QUESTÃO

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SUAS IMPLICAÇÕES PARA AS PRÁTICAS AVALIATIVAS DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES

A EMERGÊNCIA DA REPETÊNCIA NA ESCOLA GRADUADA EM MINAS GERAIS/BRASIL, NO INÍCIO DO SÉCULO XX

Comunicações Individuais – S7 – Eixo 3

REFLEXÕES SOBRE O PROCESSO FORMATIVO DO OPERÁRIO SOROCABANO (1929-1942)

O CENTRO EDUCACIONAL "CARNEIRO RIBEIRO": BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A PRIMEIRA POLÍTICA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL NO BRASIL

COLÉGIO AURORA DE CAÇADOR/SC E O DIREITO DE ENSINAR

O PROJETO EDUCACIONAL DE ITAIPU NO PERÍODO DE CONSTRUÇÃO DA USINA HIDRELÉTRICA BINACIONAL DE ITAIPU (1974-1985)

GRÊMIO LITERÁRIO GUILHERME DE ALMEIDA DO GRUPO ESCOLAR EUGÊNIO JARDIM

Comunicações Individuais – S7 – Eixo 3

POLÍTICA DE BRANQUEAMENTO NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: A EUGENIA NA ERA VARGAS

CONSTITUIÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL COMO POLÍTICA PÚBLICA NO BRASIL (1958-1985)

"ESCOVAR" A HISTORIA OFICIAL DA EDUCAÇÃO PÚBLICA A CONTRAPELO: EIS O DESAFIO!

EDUCAÇÃO, TRABALHO INFANTIL, ASSISTÊNCIA E CONTROLE SOCIAL: O OUTRO LADO DA PROTEÇÃO AOS FILHOS DOS OUTROS EM SÃO PAULO (1890 A 1927)

ESCOLAS PARA ANORMAIS INTELECTUAIS: UM PROJETO PEDAGÓGICO PAULISTA

Comunicações Individuais – S8 – Eixo 3

FORMAÇÃO DOCENTE: RESISTÊNCIAS, DESISTÊNCIAS, PERSPECTIVAS E DESAFIOS NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS BRASILEIRAS

POLÍTICAS PARA A INFÂNCIA EM SÃO PAULO: O SERVIÇO SANITÁRIO DE 1911 A 1938

POLÍTICAS E PRÁTICAS EDUCATIVAS, DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS: IMPLEMENTAÇÃO DA LEI 10.639/03 NAS ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I E II - COMUNIDADE QUILOMBOLA DE TIJUAÇU – BAHIA- BRASIL

EDUCAR AS MULHERES, EDUCAR A PÁTRIA! TRABALHOS MANUAIS NA EDUCAÇÃO FEMININA NO INÍCIO DO SÉCULO XX

UM ESTUDO SOBRE O PROCESSO HISTÓRICO AVALIATIVO NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA DE JEQUIÉ- BAHIA (BRASIL)

Comunicações Individuais – S8 – Eixo 3

TRAJETÓRIA HISTÓRICA DA EDUCAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL: LUTAS COLETIVAS, CONQUISTAS E DESAFIOS

A DIMENSÃO PESSOAL NAS POLÍTICAS CURRICULARES EM PORTUGAL (1970-2009)

A SOCIEDADE NACIONAL DE AGRICULTURA E A CONSTRUÇÃO DAS POLÍTICAS AGRÍCOLAS NO INÍCIO DO SÉCULO XX

CAMPANHA NACIONAL DE EDUCAÇÃO RURAL (CNER) NO ESTADO DA BAHIA/BRASIL: O DESPERTAR PARA UMA NOVA MENTALIDADE NO CAMPO

A EDUCAÇÃO DO CAMPO E A ESCOLA ATIVA NO ESTADO DO PARANÁ (2007–2013): UMA REAÇÃO A CONQUISTA DO MOVIMENTO CAMPONÊS

Comunicações Individuais – S8 – Eixo 3

DO BIOPODER À PSICOPOLÍTICA DO CORPO EDUCATIVO (1910-1926)

UMA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES INSPIRADA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA

POLÍTICAS PÚBLICAS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EXERCÍCIO: UMA EXPERIÊNCIA EM MATO GROSSO-BRASIL

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO PARA O TRABALHO: A ESCOLARIZAÇÃO DAS PROFISSÕES

PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PEDAGOGIA FREIREANA E A SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA: POSSÍVEIS APROXIMAÇÕES

Comunicações Individuais – S8 – Eixo 3

<

HISTÓRIA E MEMÓRIA DO MOVIMENTO PRÓ-GINÁSIOS POPULARES NA REGIÃO CACAUEIRA DO SUL DA BAHIA/ BRASIL ENTRE AS DÉCADAS DE 1940 E 1950

A PRESENÇA DO DISCURSO DE EXCELÊNCIA NA POLÍTICA GERAL DO ENSINO PRIMÁRIO EM MOÇAMBIQUE (1995–2003)

AS CONCEPÇÕES DE ALMEIDA JÚNIOR SOBRE A ORGANIZAÇÃO DA DIRETORIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

O JARDIM DE INFÂNCIA MODELO DE NATAL SOB A ÓTICA DA FOTOGRAFIA (1953-1965)

ESTUDO COMPARADO DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA DO IFGOIANO-CÂMPUS URUTAÍ DIANTE DOS DECRETOS 2.208/1997 E 5.154/2004